Quem somos...

Sakura Centro de Terapias Para poder realizar a sua Vida, na plenitude das suas capacidades, o Ser Humano tem o direito e o dever de se cuidar e de se preservar. Para tal, os cuidados preventivos, de tratamento e manutenção, com a Saúde, revestem-se de especial atenção. Sakura surge com o intuito de lhe oferecer um vasto leque de opções terapeuticas- bem estar, prevenção e tratamento

25 de julho de 2007

Animais e o Sakura




A melhor forma de apoiar os animais abandonados, é ajudar as pessoas que se cruzam nas vidas deles e que os tentam ajudar, dando-lhes mais qualidade e dignidade de vida.

As dificuldades destas pessoas, individuais que protegem os animais são inúmeras. Os animais abandonados são muitos e os apoios normalmente poucos.

Colabore com qualquer Associação ou Grupo protector de animais, através da contribuição de trabalho voluntário ou donativos de produtos e materiais.

Aqui, no SAKURA recolhemos produtos a serem entregues a FAT’s (famílias de acolhimento temporário) que com o seu amor e carinho cuidam dos animais abandonados até encontrarem um lar acolhedor para esses nossos amiguitos de 4 patas:

- Ração seca / latas (cão/gato);
- Arroz, massas;
- Areia para gato;
- Transportadoras;
- Cobertores, mantas, roupas velhas, alcatifas, tapetes, etc;
Medicamentos, tais como desparasitantes.



Também poderás fazer um tratamento de Reiki . Desta forma estarás a contribuir para o teu bem estar e a possibilitar o bem estar de outros seres.

Como?
O custo de cada sessão é um saco de ração,areia,mantas,transportadoras,etc...parece-nos uma troca justa.

MUITO OBRIGADO!!!

19 de julho de 2007

Osteopatia







Osteopatia é um sistema de medicina complementar cujo objectivo é manter e restaurar a mobilidade do sistema osteomuscular, e é uma ciência terapêutica baseada na biomecânica do corpo.





É um método de diagnóstico e tratamento que utiliza técnica palpatória. Actua nas disfunções de mobilidade causadoras de dores crônicas ou agudas e nas alterações de movimento articular


A sua origem data do final do século XIX quando o médico Andrew Taylor Still identificou a inter-relação entre o sistema músculo-esquelético e o resto do corpo.

O paciente é avaliado de forma global onde a causa da lesão é a principal preocupação e não as suas conseqüências.

A origem da lesão primária é fundamental, pois sabemos que as lesões geram adaptações e compensações que se não forem travadas despertam dor e desconforto. Quanto mais cedo se actuar no tratamento da disfunção osteopática melhor será o seu prognostico





: Vantagens da Osteopatia

- elimina, de forma eficaz, dores articulares e musculares.
- defende o organismo de agressões da vida diária, como as más posturas ou a fadiga funcional.
- é personalizada e adaptada às necessidades de cada doente.
- é uma terapia para qualquer idade.
- não é agressiva e é bem tolerada.
- atenua ou elimina os sintomas em menos tempo e de forma duradoura.
- As algias vertebrais : torcicolos, cervicalgias, dorsalgias, lombalgias, ciáticas
- Dores do membro superior: Nevralgias cervicobraquiais periatrites escapulourmerais, parestesias, lesões por esforços repetidos, síndrome de compressão do desfiladeiro escapulotorácico
- Dores do membro inferior: Ciáticas, cruralgias, entorses
- Estados de tensão: tensão, dor de cabeça, irritabilidade

18 de julho de 2007

Benefícios da Massagem Oriental










A Massagem Oriental é uma terapia de reequilíbrio físico e energético que actua através de pressões em determinadas áreas e pontos do corpo.

Estas manobras elevam o nível de energia do paciente, regulam e fortalecem o funcionamento dos órgãos fazendo com que haja um maior estímulo das resistências naturais do organismo aos mecanismos desencadeadores de doenças.

A massagem oriental propicia uma prática de reeducação física e mental através da sensibilização de todos os pontos energéticos do nosso corpo, na busca de uma saúde plena e satisfatória.

A prática regular de massagem é uma maneira eficaz de mantermos a nossa saúde.
Existem várias técnicas de massagem oriental: Ayurvédica, Tui-Na, Shantala Shiatsu, , etc.
Todas seguem os mesmos princípios, variando apenas na abordagem e maneira com que é realizado o toque.

O stress, "doença do século" pode ser evitado com sessões regulares.
Mas os benefícios da massagem não param por aí, problemas de coluna, ansiedade, hipertensão, irritabilidade,enxaquecas e muito mais pode ser resolvido e evitados com esta prática.






















15 de julho de 2007

Massagem

O Objetivo da massagem é bem claro: agir de forma positiva sobre a saúde e bem estar do cliente.

A massagem é uma técnica bastante difundida mas ainda pouco usada pelas pessoas. Isto deve-se a várias razões:

  • Desconhecimento do que se pode obter com ela, sobretudo da sua importância para a saúde e para o bem estar quer físico quer psíquico.
  • Aplicação de técnicas de massagem que por vezes não são as mais indicadas para a situação em causa o que faz com que não se vejam os resultados que se gostariam.
  • Pessoas que se dizem massagistas mas que, ou não sabem o que é massagem ou não sabem exactamente como ela se deve fazer ou mesmo pessoas que a usam para outros fins que não a saúde e o bem estar da pessoa.

Ela tem sido vista como um luxo mas na verdade ela é uma poderosa arma para nos livrarmos do stress e para recuperarmos a nossa saúde e o nosso bem estar.


Tem sido usada desde o começo da humanidade quer no Ocidente quer no Oriente por todos os povos para aliviar as dores e os desconfortos físicos e para proporcionar mais saúde e bem estar.


Ela tanto pode ser usada para recuperação de problemas físicos uma vez que activa a circulação e drena os tecidos das substâncias que vão ficando acumuladas neles criando assim uma maior capacidade de recuperação do corpo ou da área afectada, como pode ser usada para relaxamento proporcionando bem estar e descontracção da pessoa.


Usada para relaxamento ela permite reduzir tensões e stress que provocam dores, cansaço, noites mal dormidas, etc., reduzindo assim a capacidade de se enfrentar o dia a dia e as suas exigências.


A maneira como suprimimos os sentimentos e as emoções é contraíndo os músculos.


Estas tensões não sendo libertadas tornam-se crónicas, ficando os músculos em permanente tensão, criando rigidez no corpo e bloqueios à livre circulação dos fluidos corporais.
Isto faz com que se acumulem toxinas e resíduos celulares que acabarão por resultar em problemas corporais em maior ou menor grau ou por criarem um cansaço e mal estar para além do que seria desejável.


A massagem é uma parte importante para o bem estar físico e psíquico.


Ela activa a circulação e ajuda a eliminar toxinas, reduz o desconforto físico, alivia as dores, induz uma sensação de bem estar assim como estimula o sistema imunitário.


Tudo isto traduz-se em rejuvenescimento, revitalização, noites mais bem dormidas, maior alegria e maior bem estar o que se revela benéfico a todos os níveis.

No mundo em que vivemos, os nossos corpos perderam o conhecimento de como é o relaxamento e assim muitas pessoas não estão conscientes de como o stress as afectam fisicamente nem do que a massagem pode fazer por elas.

Não devemos esquecer que a massagem é uma importante troca energética entre o terapeuta e o paciente, estimulando uma comunicação profunda baseada no equilíbrio e na harmonia, sendo muito mais que apenas uma série de movimentos sequenciais e ritmados.






10 de julho de 2007

Shantala Workshop

Massagem para bébés e crianças- Shantala

Benefícios Da Massagem:
- elimina tensões e bloqueios, provocados pelo parto/gatinhar/andar
- previne e dissolve cólicas intestinais
- facilita o sono tranquilo e profundo
- relaxa o sistema neurológico, diminuindo a ansiedade
- desenvolve a coordenação psicomotora
- promove a auto-estima e segurança
- fortalece o sistema imunitário
- reforça a relação de afecto com o bebé

Quando
Sábado, 11 de Agosto de 2007


Workshop 1: das 10h às 13h
Workshop 2: das 15h às 18h


Duração
3 horas teórico-práticas para os pais + 1 hora a combinar posteriormente com os pais e a criança

Onde
SAKURA, Centro de Terapias Manuais
Rua Sá da Bandeira, nº 321, loja 31 – Vila Nova de Gaia

Destinatários
Pais de crianças a partir do 1º mês de idade

Inclui
CD com fotos e música
Manual de apoio
Certificado


Preço
75 Euros


Inscrições
sakura.centroterapias@gmail.com
91 8823751- 91 7433609 - 96 8646558


«Sim! Os bebés têm necessidade de leite. Mas muito mais de serem amados e receberem carinho»
Frédérick Leboyer

9 de julho de 2007

Medicinas Alternativas

Dr. Fernando Diniz Baptista Data: 2006-08-09


Nos últimos anos, muito se tem falado sobre medicinas alternativas ou terapias complementares.

No entanto, poucos são aqueles que sabem o que significam estes termos e em que medida essas terapias contribuem para uma melhoria do estado de saúde daqueles que as procuram.

A medicina convencional tem sido até há poucos anos praticamente, de forma geral, a primeira – se não a única – opção para as populações, sobretudo ocidentais. Portugal não é excepção. Contudo, tem-se verificado que na última década, a procura de medicinas não convencionais por parte dos cidadãos tem-se intensificado. Infelizmente, o respeito e reconhecimento concedidos a estas terapêuticas são ainda limitados, pelo facto de haver pouca clarificação não só nos procedimentos, mas também na acreditação dos profissionais que as praticam.


Medicinas Alternativas VS Terapêuticas Complementares

Em todo o mundo praticam-se vários tipos de terapias alternativas, criando confusão nas várias nomenclaturas existentes; «alternativa», «complementar» e «não convencional».

A Ordem dos Médicos da Grã-Bretanha, num relatório sobre terapias complementares, sugeria as seguintes definições: "outros sistemas de tratamento não muito usados pelos médicos convencionais" e "sendo os termos complementar, não convencional, natural, alternativa ou, não ortodoxa, usados de forma geral com o mesmo significado".

A Organização Mundial de Saúde (OMS) sugere uma definição de forma abstracta para as medicinas alternativas: "as medicinas não convencionais abrangem todas as terapias que não são utilizadas pela medicina convencional"
(Homeopatia,Osteopatia,Ayurvédica,Acupunctura...)

A diferença entre os termos «alternativa» e «complementar» é simples.
Se um clínico de medicina convencional ou não convencional utilizar exclusivamente terapias alternativas, ele está a proceder a terapêutica «alternativa» em detrimento da ortodoxa ou convencional. Se por outro lado, o paciente estiver a ser normalmente seguido pelo seu médico convencional, por exemplo num problema músculo-esquelético, estando a tomar medicamentos prescritos pelo mesmo, mas recorrendo a um clínico osteopata, que trata problemas dos componentes mecânicos músculo-esqueléticos, o doente recorreu a uma terapia «complementar» à convencional.


Portugueses cada vez mais "alternativos"

Em todo o mundo, tem havido um aumento da popularidade das medicinas alternativas, desde o Japão aos Estados Unidos da América, passando pelo norte da Europa até à Africa do Sul, Oceânia e América do Sul.

Em Portugal, a procura por parte dos cidadãos de terapias naturais intensificou-se nos últimos dez anos, levando o estado português a ponderar na elaboração de uma lei que enquadrasse as actividades das medicinas alternativas, bem como do exercício dos seus profissionais.

A Lei nº 45/2003, de 22 de Agosto, faz o enquadramento base das terapêuticas não convencionais, estabelecendo as terapêuticas reconhecidas, bem como da acreditação dos seus profissionais. A referida lei reconheceu como terapêuticas a Acupunctura, Osteopatia, Homeopatia, Naturopatia, Fitoterapia e Quiropráxia e considerou que estas terapêuticas partem de base filosófica diferente da medicina convencional aplicando processos específicos de diagnóstico e terapêuticas próprias.

É ainda reconhecida autonomia técnica e deontológica aos profissionais que as praticam, sendo o Ministério da Saúde o organismo que tutela e efectua a credenciação profissional.


Ameaça à medicina tradicional?

De dia para dia, há mais pessoas a recorrer a diferentes terapêuticas não convencionais. Descrença na medicina convencional? Estamos em crer que não.

Existe sim, uma maior consciencialização sobre o papel importante que as terapêuticas não convencionais têm vindo a desempenhar na resolução de várias patologias.

A tendência nos últimos anos tem sido a de uma maior responsabilidade assumida pelas pessoas, em relação à sua própria saúde.

Actualmente, a procura por terapêuticas não convencionais está também relacionada com o medo dos efeitos secundários prejudiciais de alguns medicamentos prescritos, levando as pessoas a procurar terapias alternativas ou complementares sempre que possível.

Destaque:Se necessitar de recorrer a uma terapêutica não convencional deve procurar um profissional devidamente qualificado. Só assim estará a contribuir para uma melhor defesa da sua saúde


Escolha a terapêutica adequada!


Fonte: Saúde Semanário

6 de julho de 2007

Vamos ajudar o Gas Africa



Missão 2007: Moçambique

Dar formação aos professores das escolinhas, trabalhar com as crianças e se possível deixar algum material para as escolas. Vamos também ajudar numa nova universidade que está a ser criada ,formação de professores primários.

-Lápis e Borrachas - Cola Escolar

-Lápis de côr - Tesouras

-Marcadores - Guaches/aguarelas e pincéis

-Lápis de cera - Cartolinas

-Giz (branco e de cor) - Livros de histórias infantis

-Plasticina - Folhas brancas e coloridas


Recolhas no SAKURA até 25 de Julho


4 de julho de 2007

Abertura oficial do Sakura








Respeitável público...nada numa mão...nada na outra....e voilá...abrimos as portas do Sakura !




Foi no passado domingo, 1 de Julho, que entre família e amigos comemoramos a abertura do Sakura......queriamos apenas dizer:


Muito obrigado a todos!





"A força não está assente numa capacidade física, repousa numa vontade indomável" Ghandi


Primeiro objectivo alcançado....3 espíritos determinados á procura do sentido da vida: ser feliz e útil..