Quem somos...

Sakura Centro de Terapias Para poder realizar a sua Vida, na plenitude das suas capacidades, o Ser Humano tem o direito e o dever de se cuidar e de se preservar. Para tal, os cuidados preventivos, de tratamento e manutenção, com a Saúde, revestem-se de especial atenção. Sakura surge com o intuito de lhe oferecer um vasto leque de opções terapeuticas- bem estar, prevenção e tratamento

28 de fevereiro de 2012

Como amar pessoas dificeis?

Lenda Chinesa

Era uma vez, uma jovem chamada Lin, casou e foi viver com o marido para a casa da sogra. Passados uns anos começou a perceber que era árduo viver com a sua sogra. O temperamento de ambas eram incompatíveis e Lin irritava-se com os hábitos, rotinas e criticava-a cada vez com mais afinco. Com o passar dos tempos, as coisas foram piorando, chegando a um ponto tal de se tornar insuportável. No entanto, e para infelicidade de Lin, segundo as antigas tradições chinesas, a nora tem que estar sempre ao serviço da sogra e obedecer-lhe em tudo.

Mas Lin, não conseguindo suportar mas aquela situação tão dolorosa, tomou uma decisão séria e foi consultar um Mestre, velho amigo do seu pai.
Depois de ouvir a jovem, o Mestre Huang pegou numas ervas medicinais e disse-lhe:

“Para te livrares da tua sogra, não as deves usar todas as ervas de uma só vez, pois isso poderá causar suspeitas. Vais misturando as ervas com a comida, pouco a pouco, dia após dia, e assim ela irá ser envenenada lentamente. Mas para teres a certeza de não existir suspeitas quando ela morrer, deves trata-la com muito carinho e amizade. Não discutas, e ajuda-a a resolver os seus problemas.”

Lin respondeu:
“Obrigada, Mestre Huang, irei fazer ao pormenor tudo aquilo que me disse.” Lin ficou contente e voltou para casa entusiasmada com o seu plano de assassinar a sogra. Durante varias semanas, Lin serviu, dia sim dia não, uma refeição preparada especialmente para a sogra. Tendo sempre presente a recomendação do Mestre Huang para evitar quaisquer suspeitas sobre si e o seu plano; controlava as suas atitudes e comportamentos irracionais e difíceis, obedecia à sogra em tudo e acima de tudo tratava-a como se fosse a sua própria mãe.

Passados seis meses, toda a família estava diferente. Lin controlava bem o seu temperamento e para seu espanto quase nunca se aborrecia. Durante este meses, não chegou a ter uma única discussão com a sua sogra, esta por sua vez também se mostrava mais amável e atenciosa.
As atitudes da sogra também sofreram mudanças e ambas passaram-se a tratar como mãe e filha.

Certo dia, Lin correu a procurar o Mestre Huang para mais uma vez lhe pedir ajuda.
“Mestre, Mestre, por favor...ajude-me a evitar que o veneno acabe com a vida da minha sogra. Ela transformou-se numa mulher agradável e gosto tanto dela como se fosse a minha própria mãe.”

O Mestre Huang sorriu e abanou a cabeça:
“Lin, não te preocupes...a tua sogra não mudou. Quem mudou foste tu e as ervas que te dei são vitaminas. O veneno estava nas tuas próprias atitudes, mas com o tempo foi substituído pelo amor e carinho que lhe foste dedicando."

Os árabes têm um provérbio que diz:
“O nosso inimigo, não é aquele que nos odeia, mas aquele que nós odiamos.”

Na China, existe outro provérbio:
“A pessoa que ama os outros também será amada"

23 de fevereiro de 2012

As Mães de Chico Xavier - 3 Março- 15h





Filme " As Mães de Chico Xavier" - 3 Março- 15h

As Mães de Chico Xavier" é baseado em fatos reais e conta a história de três

mães, vivendo momentos distintos de suas vidas e que vêem sua realidade

se transformar repentinamente: Ruth (Via Negromonte), cujo filho jovem

enfrenta problemas com drogas; Elisa (Vanessa Gerbelli), que tenta superar
a ausência do marido em casa dedicando-se integralmente ao filho, o
pequeno Theo (Gabriel Pontes); e Lara (Tainá Muller), uma professora que
enfrenta o dilema de uma gravidez não planejada. Suas histórias se cruzam
quando elas recebem conforto e reencontram a esperança de vida através
do contato mantido com Chico Xavier.
Roteiro assinado por Glauber Filho e Emmanuel Nogueira, inspirado no livro
"Por Trás do Véu de Isis", do jornalista e escritor Marcel Souto Maior (também
autor de "As Vidas de Chico Xavier").

Entrada Gratuita

Local:
Associação Espírita de Beneficiência Bezerra de Menezes- Rua do Almada, 30- 2º F-Porto

17 de fevereiro de 2012

Correr riscos...



É preciso correr riscos, dizia ele. Só percebemos realmente o milagre da vida quando deixamos que o inesperado aconteça.
Deus dá-nos todos os dias - junto com o sol - um momento em que é possível mudar tudo o que nos deixa infelizes. Todos os dias procuramos fingir que não nos apercebemos desse momento, que ele não existe, que hoje é igual a ontem e será igual ao amanhã. Mas, quem presta atenção ao seu dia, descobre o instante mágico. Ele pode estar escondido na altura em que enfiamos a chave na porta, pela manhã, no instante de silêncio logo após o jantar, nas mil e uma coisas que nos parecem iguais. Mas esse momento existe - um momento onde toda a força das estrelas passa por nós, e que nos permite fazer milagres.
Às vezes, a felicidade é uma bênção - mas geralmente é uma conquista. O instante mágico do dia ajuda-nos a mudar, faz-nos ir em busca dos nossos sonhos. Vamos sofrer, vamos ter momentos difíceis, vamos enfrentar muitas desilusões. Mas tudo isso é passageiro e não deixa marcas. E, no futuro, podemos olhar para trás com orgulho e fé.
Mas pobre de quem teve medo de correr riscos. Porque esse talvez não se decepcione nunca, nem tenha desilusões, nem sofra como aqueles que têm um sonho a seguir. Mas quando olhar para trás - porque olhamos sempre para trás - vai ouvir o seu coração a dizer: «o que fizeste com os milagres que Deus semeou nos teus dias? O que fizeste com os talentos que o teu mestre te confiou? Enterraste-os bem fundo numa cova, porque tinhas medo de perdê-los. Então, esta é a tua herança: a certeza de que desperdiçaste a tua vida.»
Pobre daquele que escuta estas palavras. Porque então acreditará em milagres, mas os instantes mágicos da vida já terão passado."

Certas pessoas vivem zangadas com alguém, zangadas consigo próprias, zangadas com a vida. Então, elas começam a criar uma espécie de peça de teatro nas suas cabeças, e escrevem o guião de acordo com as suas frustrações."

"Já lutei e venci o meu coração há muito tempo. Não me vou apaixonar pelo impossível.
Eu conheço os meus limites e a minha capacidade de sofrer."


Existem derrotas. Mas ninguém escapa delas. Por isso, é melhor perder alguns combates na luta pelos seus sonhos, que ser derrotado sem sequer saber porque está lutando."

16 de fevereiro de 2012

Sem mais questões


Ao encontrar um mestre Zen em um evento social, um psiquiatra decidiu colocar-lhe uma questão que sempre esteve em sua mente:
"Exatamente como você ajuda as pessoas?" ele perguntou.
"Eu as alcanço naquele momento mais difícil, quando elas não tem mais nenhuma questão para perguntar," o mestre respondeu.


 Altura de olhar para dentro...NAIKAN
Muitos métodos de psicoterapia sublinham a importancia dos sentimentos. O Naikan investiga os factos.
Independentemente do que sentiu quando recebeu uma bicicleta em segunda mão, no seu aniversário, o importante é que recebeu uma bicicleta. 
O Naikan não nega o valor das nossas emoções. Apenas, frequentemente ficamos tão preocupados com os nossos sentimentos que nã conseguimos ver os factos reais da situação.
O Naikan fornece-nos uma imagem mais clara sobre a conduta dos outros a nosso favor e a nossa própria conduta e realção aos outros.
Temos a  oportunidade de observar a nossa vida sem a descoloração dos nossos sentimentos instaveis.
Tentamos ver a realidade como ela é.

Mais informações: sakura.centroterapias@gmal.com - 917433609  

13 de fevereiro de 2012

Acividades Sénior

As actividades diárias destinam-se a pessoas com mais de 55 anos

*O espaço tem acessibilidade a pessoas com mobilidade reduzida.

Actividades Ocupacionais 

Terça  9h30-10h30  Inglês
           10h45-11h30  Ginástica
Quarta 14h30-15h30  Inglês
Quinta 10h ás 10h45 Ginástica 



* Inglês / Espanhol
* Ginástica
* Informática
* Treino de Memória / Jogos de Grupo
* Escrita Criativa- Leitura- Trabalhos Manuais
* Grupo de Debate com Terapeuta (ideias , conselhos e sugestões fáceis, práticos e simples de aplicar no seu quotidiano. Ao longo das semanas, profissionais de saúde abordarão diversos temas relacionados com a nutrição, posturas, relaxamento e actividade física)

Preços Mês
1 actividade/semana- 25€
2 actividades/semana- 40€
Preços especiais paa grupos

Local: R. Nova S.Crispim, 516- Instalações ISASAD em parceria com Sakura
Contactos: 917433609 - sakura.centroterapias@gmail.com

10 de fevereiro de 2012

Morre lentamente...



“Morre lentamente quem não viaja, quem não lê, quem não ouve música, quem não encontra graça em si mesmo.
Morre lentamente quem destrói o seu amor-próprio, quem não se deixa ajudar.
Morre lentamente quem se transforma em escravo do hábito, repetindo todos os dias os mesmos trajectos, quem não muda de marca, não se arrisca a vestir uma nova cor ou não conversa com quem não conhece. Morre lentamente quem faz da televisão o seu guru. 
Morre lentamente quem evita uma paixão, quem prefere o preto sobre o branco e os pontos sobre os “is”, em detrimento de um redemoinho de emoções, justamente as que resgatam o brilho dos olhos, sorrisos dos bocejos, corações aos tropeços e sentimentos. 
Morre lentamente quem não vira a mesa quando está infeliz com o seu trabalho ou o seu amor, quem não arrisca o certo pelo incerto para ir atrás de um sonho, quem não se permite, pelo menos uma vez na vida, a fugir dos conselhos sensatos. 
Morre lentamente quem passa os dias queixando-se da sua má sorte ou da chuva incessante. 
Morre lentamente quem abandona um projecto antes de iniciá-lo, quem não pergunta sobre um assunto que desconhece ou não responde quando lhe indagam sobre algo que sabe.
Evitemos a morte em doses suaves, recordando sempre que estar vivo exige um esforço muito maior do que o simples facto de respirar.
Somente a perseverança fará com que conquistemos um estágio esplêndido de felicidade.”
 Pablo Neruda

9 de fevereiro de 2012

Talvez...


Talvez, eu venha a envelhecer rápido demais.
Mas lutarei para que cada dia tenha valido a pena.

Talvez, eu sofra inúmeras desilusões no decorrer da minha vida.
Mas farei com que elas percam a importância diante dos gestos de amor que encontrei.

Talvez, eu não tenha forças para realizar todos os meus ideais.
Mas jamais irei me considerar um derrotado.

Talvez, em algum instante eu sofra uma terrível queda.
Mas não ficarei por muito tempo olhando para o chão.

Talvez um dia eu sofra alguma injustiça.
Mas jamais irei assumir o papel de vítima.

Talvez, eu tenha que enfrentar alguns inimigos.
Mas terei humildade para aceitar as mãos que se estenderem em minha direção.

Talvez, numa dessas noites frias, eu derrame muitas lágrimas.
Mas não terei vergonha por este gesto.

Talvez, eu seja enganado inúmeras vezes.
Mas não deixarei de acreditar que em algum lugar alguém mereça a minha confiança.

Talvez, no decorrer dos anos eu perca grandes amizades.
Mas irei aprender que aqueles que realmente são meus verdadeiros amigos nunca estarão perdidos.

Talvez, algumas pessoas queiram o meu mal.
Mas irei continuar plantando a semente da fraternidade por onde passar.

Talvez, eu fique triste ao concluir que não consigo seguir o ritmo da música.
Mas então, farei com que a música siga o compasso dos meus passos.

Talvez eu nunca consiga enxergar um arco-íris.
Mas aprenderei a desenhar um, nem que seja dentro do meu coração.

Talvez, hoje eu me sinta fraco.
Mas amanhã irei recomeçar, nem que seja de uma maneira diferente.

Talvez, eu não aprenda todas as lições necessárias.
Mas terei a consciência de que os verdadeiros ensinamentos já estão gravados em minha alma.

Talvez, eu me deprima por não ser capaz de saber a letra daquela música.
Mas ficarei feliz com as outras capacidades que possuo.

Talvez, eu não tenha motivos para grandes comemorações.
Mas não deixarei de me alegrar com as pequenas conquistas.

Talvez, a vontade de abandonar tudo torne-se minha companheira.
Mas ao invés de fugir, irei correr atrás do que almejo.

Talvez, eu não seja exatamente o que eu gostaria de ser.
Mas passarei a admirar quem sou. Porque no final saberei que mesmo com incontáveis dúvidas eu sou capaz de construir uma vida melhor.

E se ainda assim não me convencer disso, é porque como diz aquele ditado "AINDA NÃO CHEGOU O FIM".

Porque no final não haverá nenhum"TALVEZ" e sim a certeza de que minha vida valeu a pena e eu fiz o melhor que podia.

Aristóteles Onassis (1906 - 1975)

3 de fevereiro de 2012

14 Fevereiro- O amor é a força mais subtil do mundo

“O amor é a força mais subtil do mundo.” Mahatma Gandhi

A nossa sugestão para uma oferta diferente:

* Oferta "Corpo e Mente"
 Uma massagem relaxante ,um mimo para o corpo...
          Para a mente...uma reflexão da sua relação 
Tentar perceber, com bastante sinceridade e sem se julgar, quais sentimentos e motivações lhe colocam nesse relacionamento
Preço: 25€ individual
            40€ para dois
* Para usufruir a 11 e 14 Fevereiro

Oferta "Do fundo do coração" 
O toque é uma forma primária de contacto,conhecimento e comunicação.

Tocar é um modo natural de estar em contacto...O toque vai onde as palavras não alcançam. Aprender a fazer uma massagem 

          Para a mente...uma reflexão da sua relação 
Tentar perceber, com bastante sinceridade e sem se julgar, quais sentimentos e motivações lhe colocam nesse relacionamento
Preço: 35€ individual
           50€ para dois
Para usufruir a 11 e 18 Fevereiro

Marcação: 917433609 - sakura.centroterapias@gmail.com







Convocação para uma Revolução!

Tu deves...e podes!

Durante a nossa vida, aprendemos a valorizar coisas que não são fundamentais: materialismo, comodismo, poder, status e coisas deste tipo são “o que importa” na nossa sociedade.

Por isso, queremos convocar-te para uma revolução!
Vamos renovar a espécie humana!


Vamos investir na ALMA, resgatar não só a NATUREZA, mas o natural, vamos vender mais
PAZ, não filtrar as emoções, aumentar a QUALIDADE DE VIDA, contabilizar as boas relações,
reciclar as relações menos boas, reatar as velhas AMIZADES!

Equipa o prazer, trabalha a perseverança, vence o cansaço, faz a diferença sem precisares de
puublicidade. Resolve tudo sem alarde, usa o marketing da sinceridade, cobra profissionalismo
de todos, inclusive daquele que te elegeu.

Vamos maximizar a ENERGIA, preservar os RECURSOS, tratar a ÁGUA, pois ela é a nossa
fonte de VIDA. E como o ar, que também é fonte de vida, vamos ser transparentes.

Renova o stock de sorrisos, canaliza os bons pensamentos, divulgua mais o AMOR. 
Abraça mais, beija muito, relembra quanto amas aquelas pessoas e, com a mesma força, d “não” ao
racismo, à intolerância, à discriminação.

Sê saudável, inclusive nas atitudes. 
Dá bons exemplos, diz a verdade, principalmente às crianças, para que elas cresçam sabendo ACREDITAR. Crie os teus filhos como cidadãos do mundo. 

Cultiva tuas crenças, RESPEITA as crenças dos outros e vive na razão da emoção, lutando pela felicidade plena, por um futuro melhor e AGRADECE sempre por estares neste mundo



Fonte: Momento Espírita.